Como vai ser minha consulta antes da cirurgia plástica no nariz

Publicado em

Por: Dr. Fábio Zanini - CRM/SC 8373 | RQE 3904

Você imagina como são as consultas antes da rinoplastia? Graças aos seriados médicos, a realidade dos consultórios ficou mais conhecida. Porém, na ficção, muitos detalhes são deixados de fora, como a parte em que o cirurgião aborda os cuidados pré e pós-operatórios. Isso sem falar nas longas conversas para conhecer o histórico do paciente, bem como esclarecer todas as suas dúvidas.

Neste artigo, vamos mostrar como deve ser a consulta antes da cirurgia plástica no nariz. Isso é importante, não apenas, para se preparar psicologicamente, mas também para saber se o cirurgião em questão está lhe dedicando tempo e atenção suficientes. Confira!

Qual é a quantidade de consultas antes da cirurgia plástica no nariz?

Geralmente, são realizadas apenas duas consultas. Na inicial, o médico faz a avaliação do paciente e solicita os exames pré-operatórios. Na que antecede o procedimento, ele analisa os resultados e, então, faz as devidas recomendações.

Mas não existem regras. Podem ser realizadas três ou mais consultas, dependendo das necessidades e da disponibilidade de cada um. A única certeza é que a cirurgia só é marcada quando estiver tudo esclarecido e se a saúde do paciente assim permitir.

Qual é a importância das consultas pré-operatórias?

Essas consultas são essenciais, pois, por mais que o paciente tenha pesquisado sobre o assunto, existem aspectos que só o especialista pode avaliar e explicar. Por exemplo, o tipo de cirurgia mais indicado para cada caso.

Além disso, durante as consultas, o cirurgião se preocupa em alinhar as expectativas do paciente à realidade, explicando como deverá ser o resultado da intervenção. Para isso, mostra quais os tipos de nariz e que não se deve descaracterizar as origens étnicas.

Quais etapas fazem parte das consultas realizadas antes da rinoplastia?

O cirurgião, geralmente, inicia a consulta perguntando qual é o objetivo (ou a queixa) do paciente e suas expectativas em relação à cirurgia. Depois, pede para fale sobre seu histórico clínico e cirúrgico (em caso de operações anteriores).

Mas a “entrevista” não para por aí. O médico também pede que o paciente informe quais medicações faz uso (contínuo ou esporádico), bem como se fuma cigarro, consome álcool ou utiliza outras substâncias (e com qual frequência). Nessa hora, honestidade é essencial.

No decorrer da primeira consulta, ainda são feitos:

  • A medição dos elementos do rosto, para analisar as proporções faciais e ver o que poderia ser melhorado com a cirurgia;
  • a foto do “antes”, para, por meio de um software, simular como ficaria o resultado da rinoplastia;
  • a solicitação de exames (de sangue, coagulograma, dosagem de sódio, potássio, ureia e creatinina e uma avaliação cardiológica);
  • a explicação sobre as formas de pagamento, se aceita convênio médico e como o paciente deve proceder em relação à operadora do plano de saúde.

Durante a consulta, o médico costuma fazer pausas nas explicações, para que o paciente faça suas perguntas. Um bom profissional deve deixá-lo à vontade, permitindo que o interrompa sempre que desejar.

Já na consulta seguinte, o médico:

  • analisa o resultado dos exames, para avaliar as condições de saúde;
  • indica a reposição de alguma vitamina que esteja em baixa no organismo;
  • orienta quanto às mudanças de hábitos de vida no período pré-cirúrgico (como parar de fumar e não ingerir bebidas alcoólicas)
  • encaminha a outro(s) especialista(s), como nutricionista, psicólogo etc, caso haja necessidade;
  • explica quais são os cuidados na véspera da cirurgia e no período pós-operatório — e se coloca à disposição para responder mais dúvidas.

Após a consulta, existe obrigatoriedade de realizar a cirurgia?

De modo algum. Não é porque você compareceu à consulta que precisa, necessariamente, realizar sua rinoplastia com aquele profissional. Caso algum aspecto o tenha desagradado, siga na busca pelo médico ideal.

As consultas demoram mesmo e é obrigação do cirurgião realizar cada uma das etapas com dedicação — faz parte da profissão. Portanto, não sinta que tomou seu tempo à toa.

Para concluir, o intuito deste artigo foi ajudar o candidato à rinoplastia a entender as etapas envolvidas no procedimento. Conhecer, de antemão, o que se espera que aconteça em uma consulta antes da cirurgia plástica no nariz ajuda tanto a pensar nas perguntas que deseja fazer, como a avaliar a competência do médico — além de aliviar a ansiedade, claro!

Ficou com vontade de conversar com um especialista pessoalmente? Se quiser agendar uma consulta com o Dr. Fábio Zanini (em Florianópolis, SC), entre em contato por e-mail, WhatsApp (48 98870-8567) ou via Doctoralia!

Material escrito por: Dr. Fábio Zanini - CRM/SC 8373 | RQE 3904

Médico formado pela Universidade Federal de Santa Catarina em 1999, fez sua especialização em Otorrinolaringologia pelo Hospital da Lagoa no Rio de Janeiro/RJ e Mestrado pela Santa de Misericórdia de São Paulo.

Assine nossa newsletter!


Fábio Zanini - Doctoralia.com.br