Me preparando para uma cirurgia plástica facial

Publicado em

Por: Dr. Fábio Zanini - CRM/SC 8373 | RQE 3904

Enfim, é chegada a hora! Depois de tantas consultas e exames, eis que chega a véspera da sua cirurgia plástica! Não importa se você vai fazer uma rinoplastia ou uma otoplastia, o fato é que as 24 horas que antecedem a cirurgia plástica facial são muito importantes. 

Afinal, com tudo certo para a realização do procedimento, deve-se tomar cuidado para não se deixar levar pelas emoções. Por exemplo: por maior que seja a empolgação, não encare esse dia como um bota-fora da sua antiga aparência. Você tem todo o direito de ficar ansioso e animado, mas sem perder o equilíbrio emocional e o foco nos autocuidados ensinados pelo seu médico.

Neste artigo, veja como se preparar para o procedimento com tranquilidade. Siga as dicas, faça uma ótima cirurgia e tenha um excelente pós-operatório!

A essa altura você já deve saber, mas não custa reforçar

Ainda que as chances de tudo sair conforme o planejado sejam altas, toda cirurgia tem riscos. Isso vale, também , para os procedimentos exclusivamente estéticos.

Além disso, no caso das cirurgias plásticas faciais, anseia-se pela mudança na aparência. Mas, como se sabe, antes de chegar ao resultado desejado, a intervenção gera um trauma.

Deve-se ter em mente que, no pós-operatório imediato, hematomas e pequenos inchaços são normais. Até mesmo a funcionalidade do local operado pode ficar, temporariamente, reduzida.

Importância do equilíbrio emocional e da paciência

A cirurgia plástica facial pode corrigir tanto aspectos funcionais quanto estéticos de nariz e orelhas. Quando existe um problema que, realmente, incomoda o paciente, a ponto de prejudicar sua autoestima e qualidade de vida, a intervenção pode ser uma boa opção.

Mas, antes de decidir pela cirurgia, o paciente deve ter consciência dos alcances do procedimento. Para isso, equilíbrio emocional é fundamental.

Sabe-se que as expectativas e outros aspectos da personalidade influenciam a percepção dos resultados pelos pacientes. Muitas vezes, o acompanhamento psicológico ajuda a lidar com a ansiedade depois da cirurgia, bem como a aguardar o tempo necessário até chegar ao resultado definitivo.

Algumas pessoas iniciam a terapia durante o pré-operatório. Dessa forma, têm mais tempo para trabalhar suas expectativas e sentimentos relacionados a cirurgia.

No mais, o paciente deve explicar suas motivações para o cirurgião. Assim, podem encontrar um caminho para um procedimento que seja saudável física e mentalmente.

Check-list essencial da véspera da cirurgia plástica facial

Depois de tanta preparação, na véspera da cirurgia é hora de se preparar para o procedimento. Alguns pacientes se reservam ao direito de relaxar. Outros, por conta da correria do dia a dia, acabam deixando algumas providências para a última hora. Seja qual for o seu caso, vale a pena conferir o check-list:

  • comprar as faixas e medicações prescritas pelo médico;
  • se alimentar bem, dê preferência, com comidas leves;
  • evitar alimentos ricos em gorduras (ruins) e açúcares;
  • não consumir bebidas alcoólicas nem fumar (o que deve ter começado há 4 semanas, pelo menos);
  • não fazer atividades físicas, para não correr o risco de se lesionar;
  • cuidar da hidratação, bebendo bastante água e usando hidratantes tópicos e
  • dormir cedo, para estar bem descansado no momento da cirurgia.

Por fim, mantenha o contato com seu médico. Um bom profissional transmite segurança para seus pacientes e está sempre aberto ao diálogo, pronto para esclarecer qualquer tipo de dúvida. Além disso, quando necessário, ele pode indicar cuidados individualizados. Preparando-se dessa maneira, sua cirurgia plástica facial tem tudo para ser um sucesso!

Gostou do artigo? Espero que tenha sido útil! Aliás, gostaria de convidá-los para me seguir no Instagram e Facebook — onde compartilho diversas dicas de cuidados pré e pós operatórios para a rinoplastia e a otoplastia!

Material escrito por: Dr. Fábio Zanini - CRM/SC 8373 | RQE 3904

Médico formado pela Universidade Federal de Santa Catarina em 1999, fez sua especialização em Otorrinolaringologia pelo Hospital da Lagoa no Rio de Janeiro/RJ e Mestrado pela Santa de Misericórdia de São Paulo.

Assine nossa newsletter!


Fábio Zanini - Doctoralia.com.br